HIV #parte3

Esse vídeo fecha a trica de postagens onde falo do meu diagnóstico positivo para HIV. Em breve falarei mais sobre a doença e o meu avanço no tratamento. Precisamos falar sempre sobre DSTs e sexo seguro nas nossas rodas de amigos e em casa. Se em todas as esferas sociais tratassemos desses dois assuntos sem tabu os jovens de hoje se cuidariam melhor e não teríamos um número alarmante de infeccões que temos hoje. 

Segundo o Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais, do Ministério da Saúde, a taxa de infectados explodiu entre 2006 e 2015 nas faixas de 15 e 19 anos (variação de 187,5%, com a taxa passando de 2,4 para cada 100 mil habitantes para 6,9) e de 20 a 24 (alta de 108%, passando de 15,9 para 33,1 infectados). Entre 25 a 29 anos, foi de 21%, com a taxa migrando de 40,9 para 49,5%.


​​Reafirmo o que eu disse na publicação anterior: Se todos nós soubéssemos a nossa sorologia seria possível um dia erradicamos o HIV do Brasil, como pretende a Alemanha até 2020.

Não sabe como? Clique aqui.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s