“Sou positivo. E agora?”

Muitos fazem essa pergunta quando recebem o diagnóstico HIV positivo. Eu também fiz. Você não é exceção. O mais importante após saber o resultado é não se desesperar e sim fazer o que deve ser feito: Procurar a clínica da família próxima à sua casa e conhecer a sua ou o seu infectologista.

Pacientes soropositivos podem escolher o local onde preferem fazer o seu tratamento no caso de não se sentirem a vontade com a unidade próxima a sua localidade.

É lenda que a vida fica mais complicada após a descoberta. É vida normal. Com alguns cuidados e sem exageros. A única prescrição médica que a gente recebe quando iniciamos a medição é não fazer uso de entorpecentes e álcool demais. Exercício é a melhor pedida. Combate a depressão e o baixo astral.

Dica importante: Não quebre a cabeça tentando adivinhar quem infectou você. Esqueça. Não importa. O fundamental agora é olhar para frente. 

As histórias de quem vive com HIV desde os anos 80

SUS amplia oferta de medicamento inovador para pacientes com HIV e Aids

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s